De janeiro a novembro de 2016, o governador Beto Richa investiu 30% a mais na área social do que durante todo o ano de 2015. Foram R$ 204 milhões destinados à promoção social e ao atendimento a famílias em situação de risco e vulnerabilidade social de todo o Estado – R$ 46 milhões a mais que no ano anterior. “Planejamos nossas ações com responsabilidade e muita criatividade. Priorizamos o fortalecimento da rede e o atendimento às famílias, ações que resultaram em grandes avanços sociais, como a redução da desigualdade e a redução da extrema pobreza no Estado”, afirma a secretária de Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa.

Em cinco anos, a Secretaria da Família multiplicou quase 13 vezes os investimentos do Fundo Estadual de Assistência Social. O valor saltou de R$ 5,5 milhões, em 2011, para R$ 70 milhões, em 2016 (1.400% a mais). Parte dos recursos foi transferida aos municípios. A secretaria dobrou o número de cidades que recebem o piso paranaense de assistência social, que já chega a 172 municípios com baixos índices de desenvolvimento. Em 2016, prefeituras do Paraná receberam R$ 53 milhões do Estado, mais que o dobro do ano anterior (R$ 25 milhões).

(foto: Pedro Ribas/ANPr)