#Rodrigo Garcia DEM São Paulo Eleições 2018

#Rodrigo Garcia DEM São Paulo Eleições 2018

Redução de impostos incidentes sobre combustíveis, é uma das propostas do Congresso e solução para o País sair da crise e, entrou em pauta da Câmara, com total apoio do líder do Democratas, deputado Rodrigo Garcia (SP). Há um ano, o preço do litro do diesel era de R$ 3,015, e, desde estão, subiu 15%, uma alta muito expressiva. O aumento do diesel pago pelos caminhoneiros recai sobre o preço final de todos os produtos, impactando no orçamento familiar.

O deputado, cita ainda, a alta carga tributária incidente sobre o preço final do diesel, de 29%, segundo dados da Petrobrás”, afirmando que com a posição da Câmara, foi dada uma resposta rápida e certeira, garantindo à sociedade que o Democratas está atento para essa grave questão. Acrescenta que os preços dos combustíveis têm oscilado de acordo com a cotação internacional, numa política de não intervenção do governo nos preços, o que, para ele, deve ser mantida.

Rodrigo Garcia (DEM-SP) ressaltou que este aumento acentuado no preço dos combustíveis não tem justificativa neste atual momento da economia brasileira. “Nós estamos sintonizados com a sociedade, que quer um parlamento altivo e que faz correções aos equívocos do governo quando necessário”, acrescentou Rodrigo.

Enfatizou que, diante do agravamento da crise, a Câmara precisava agir. “Diante do impacto do aumento do preço dos combustíveis na vida do cidadão brasileiro, o Congresso não poderia se omitir. Temos uma Comissão Geral, formada pelo presidente da casa, Rodrigo Maia (RJ), que vai analisar e aprofundar nesse debate sobre as sucessivas elevações dos preços dos combustíveis – sobretudo da gasolina, do diesel e do gás de cozinha. O Senado, como Casa revisora, terá oportunidade de avaliar o tamanho de redução de impostos, fazendo eventuais ajustes no texto da Câmara”, explicou Rodrigo Garcia.