Em Curitiba, o prefeito de Cascavel, Leonardo Paranhos (PSC) afirmou nesta terça-feira, 21, que houve avanço no convênio com o governo estadual para implementar o programa de melhorias no Aeroporto Municipal de Cascavel. “Conseguimos avançar e estamos trabalhando para que o aeroporto de Cascavel tenha condições de receber novas aeronaves, novas companhias e se transforme de fato num facilitador do desenvolvimento de Cascavel”, garantiu Paranhos.

Na capital do estado, Paranhos se reuniu ontem com os secretários Pepe Richa (Infraestrutura e Logística – SEIL) e João Carlos Ortega (interino), da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, a SEDU. Já na segunda-feira, entre os compromissos da agenda, o prefeito Leonardo Paranhos, conversou com secretário de Planejamento, Fernando Dillenburg, para apresentaras adequações dos projetos, reprograados após a após a obra do novo terminal de transporte do aeroporto.

Duas frentes – O novo aeroporto de Cascavel tem duas frentes de trabalho. A primeira é a conclusão do novo terminal de passageiros – que exige a adaptação dos projetos – ao custo de R$ 8 milhões de reais, 70% dos quais são recursos da União e 30% do Estado. Tanto a licitação quanto o pagamento, neste caso, ficam por conta da SEIL.

A segunda frente é a contrapartida do Município e engloba três obras distintas, mas que se complementam: a construção do pátio de estacionamento das aeronaves, estacionamento de veículos e a duplicação da via de acesso da BR-277 até o terminal, num percurso de 1.290 metros. Os recursos para estas obras somam R$ 8 milhões e virão através de uma operação de crédito da Prefeitura junto à SEDU.