O Paraná investiu R$ 1,2 bilhão em saúde no primeiro quadrimestre de 2017, o que equivale a 10,5% do orçamento anual. A informação é do secretário Michele Caputo Neto adiantada nesta terça-feira aos deputados da Assembleia Legislativa. “O volume de recursos aplicados nestes primeiros quatro meses é maior do que o mesmo período de anos anteriores. Mostra nossa capacidade de execução orçamentária para superar o que é exigido por lei, como tradicionalmente o Paraná vem fazendo”, disse Caputo Neto.

O montante exigido por lei é 12% das receitas correntes líquidas do Estado. Caputo destacou que o percentual aplicado neste ano é maior do que a média dos cinco anos anteriores. O secretário apresentou as diretrizes e metas anuais do Plano Estadual de Saúde e destacou avanços importantes, entre eles, a realização do mutirão de cirurgias em todas as regiões do Estado.

“Por dois anos o Governo Federal não destinou recursos para realização do mutirão. Em um ano e meio conseguimos realizar mais de 65 mil cirurgias e aplicamos mais de R$ 30 milhões do Tesouro Estadual para essa área. Com isso estamos reduzindo drasticamente a fila por procedimentos cirúrgicos que não são emergenciais”, ressaltou.

(foto: Venilton Kuchler/Sesa)