O prefeito Rafael Greca vistoriou nesta quinta-feira (19) as obras de construção das alças de acesso à trincheira da Ceasa, no Tatuquara. A obra estava parada e foi retomada pela atual gestão no início do ano, conforme compromisso assumido pelo prefeito durante a campanha eleitoral. “Fiquei feliz em saber que está andando a construção das duas alças que vão ligar a malha viária do Umbará com a do Cidade Industrial. A trincheira tinha sido construída e não tinha serventia”, afirmou Rafael Greca.

A obra deverá ser entregue em dez meses. “Uma importante obra, que foi um compromisso meu e do meu vice, Eduardo Pimentel. Agora, Curitiba volta a ser Curitiba”, afirmou Greca.

Esta é uma importante intervenção viária que vai melhorar as condições de mobilidade na região Sul da cidade. O investimento é de R$ 10,6 milhões. Serão quatro alças de acesso que farão a ligação das ruas Hasdrubal Bellegard e Dilson Luiz. A extensão total é de 1.165,12 metros.

A trincheira vai facilitar o acesso dos motoristas ao Ceasa. Atualmente, quem está na BR-116 sentido a Fazenda Rio Grande precisa andar quase dois quilômetros para fazer o retorno e acessar o Ceasa. A trincheira vai acabar com este problema.

Fase inicial

A obra, iniciada na semana passada, está na fase inicial de execução. Estão sendo feitos serviços de drenagem e terraplanagem. O vice-prefeito e secretário de Obras Públicas e Infraestrutura, Eduardo Pimentel, explicou que o projeto também compreende pavimentação das alças de acesso, muro de contenção, iluminação, calçadas, rampas de acesso para pessoas com dificuldade de locomoção, sinalização horizontal e vertical, além de paisagismo.

“Fiquei satisfeito com o ritmo acelerado da obra, que vai dar agilidade ao trânsito e melhorar a qualidade de vida da população que mora nos bairros próximos”, disse Pimentel.

Além dos engenheiros e diretores da Secretaria de Obras Públicas e Infraestrutura, o diretor da Administração Regional do Pinheirinho, João Cordeiro, também acompanhou a vistoria.