A formação dos profissionais da área de Turismo é uma importante ferramenta para o desenvolvimento do setor. Dessa forma, o Instituto Municipal de Turismo de Curitiba tem atuado diretamente na capacitação e sensibilização de agentes de viagem e guias de turismo. No sábado (3/6), o pesquisador científico e cultural do Instituto, Alexander Silva, fez uma turnê pela cidade com alunos do curso técnico de formação de Guia de Turismo Regional, oferecido pela Secretaria do Estado da Educação, em todo o Paraná.

O circuito teve início pelo Setor Histórico da cidade, passando pelas praças Tiradentes, Santos Andrade e Generoso Marques. “As informações são importantes para eles reconhecerem o patrimônio turístico e cultural da cidade”, disse Silva, que é historiador. Além das informações sobre Curitiba, Silva ensinou os futuros guias sobre como programar o passeio de forma a aproveitá-lo ao máximo. “A gente mostra como deve ser o comportamento do guia, como ele deve conduzir o trajeto e que ruas pode percorrer”, explicou.

Alguns alunos viram no curso uma nova possibilidade profissional, mas também de conhecer melhor a cidade. É o caso da comerciária Izabel Cristina Paiva. “Eu sou uma pessoa apaixonada pela cidade de Curitiba, mesmo não tendo nascido aqui”, contou. “É um enriquecimento muito grande aliar o conhecimento à prática. ”

Moradora de Araucária, Josiane Radulski afirma que seu foco profissional no turismo é a área ambiental. “Hoje eu tenho uma outra visão de Curitiba, ando pela cidade reparando em detalhes que antes eu não percebia.” Josiani pretende focar sua atividade como guia de turismo na área ambiental. “Minha paixão é a natureza”, confessou.

O tour passou pelos parques na região Norte da capital até a parada no Bosque Zaninelli, onde está a Universidade Livre do Meio Ambiente. No local os estudantes puderam entender a importância dos parques da cidade do ponto de vista ambiental, cultural e turístico. A guia de turismo Vivian Flugel ressaltou a importância do curso na formação profissional. “É preciso ter conhecimento variado para adaptar o passeio ao gosto do cliente”, disse.

Os estudantes passaram ainda pelo Centro Cívico e Jardim Botânico.