Lula nunca quis ficar rico, diz Gilberto Carvalho

Em depoimento ao juiz Sérgio Moro nesta terça-feira, o ex-ministro Gilberto Carvalho (PT) disse que o ex-presidente “tem muitos defeitos, como qualquer ser humano”. “Agora, tem uma coisa: ele nunca quis ficar rico. Ele nunca pensou em usar a função dele como presidente para auferir recursos próprios”.

Carvalho, por indicação de Lula, falou como testemunha de defesa do petista no processo em que ele é réu por participação em um esquema envolvendo oito contratos entre a empreiteira Odebrecht e a Petrobras, que desviaram R$ 75 milhões, segundo o MPF.

Parte do dinheiro, R$ 12,4 milhões, teria sido usada para comprar um terreno, que serviria para a construção de uma sede do Instituto Lula. A denúncia diz ainda que o dinheiro de propina também foi usado para comprar um apartamento vizinho à cobertura onde mora Lula, em São Bernardo do Campo (SP). Neste processo, além de Lula, outras sete pessoas são rés. Entre elas, está o ex-ministro Antônio Palocci (PT) e o ex-presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht.