Requião descobre na Itália mais provas de que a Lava Jato foi planejada para saquear o pré-sal

Augusto Nunes, Veja

“O acordo de delação premiada do Joesley, da JBS, seguramente ─ não tenho nenhuma dúvida disso mais ─ não foi feito com os procuradores do Brasil. Ele foi feito com o Departamento de Estado norte-americano”. (Roberto Requião, senador do PMDB do Paraná, em vídeo gravado na Itália e disseminado pelo WhatsApp, ao reiterar que a Operação Lava Jato foi concebida para “acabar com a soberania brasileira e com os recursos minerais” do país, mostrando mais uma vez como fica a cabeça de quem come mamona e gosta)

(foto: arquivo/google)

link nota
http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/sanatoriogeral-mamona-na-cabeca/