O mutirão de cirurgias vem transformando a vida de milhares de pessoas de leste a oeste do Paraná. Na segunda-feira, 11, mais 250 moradores de Guaraqueçaba, ilhas e comunidades rurais do litoral foram atendidos pelo mutirão que reduz a fila de espera do SUS na área de oftalmologia, sobretudo com a oferta de consultas, exames e cirurgias de catarata.

Somente com recursos do Governo do Estado já foram feitos 364 procedimentos na região. O grande volume de cirurgias se deve ao acúmulo na demanda, reprimida há mais de cinco anos. O motivo é a dificuldade de se levar especialistas para a região, cuja melhor opção de acesso é pelo mar.

O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, explica que a ação em Guaraqueçaba reforça o compromisso do governo de levar atendimento de qualidade para onde as pessoas mais precisam. “Isso mostra que estamos presentes em todos os cantos do Estado, perto da população. É desta forma que o nosso governo trabalha, em prol das pessoas”, afirmou.

Ao acompanhar a etapa de reavaliação médica dos pacientes já operados, Caputo Neto também destacou a importância da cirurgia na qualidade de vida dos pacientes. “Muitos estão voltando a enxergar após anos sofrendo com a vista embaçada. Ouvimos aqui depoimentos emocionantes que mostram que estamos no caminho certo”, disse o secretário.

(foto: Venilton Kuchler/Sesa)