A participação na receita das exportações do agronegócio do Paraná na balança comercial brasileira aumentou de 13,19% em 2015 para 13,54% no ano de 2016. A abertura de novos mercados impulsionou as exportações no ano passado, contribuindo para dar sustentação à balança comercial do Estado. Os produtos do agronegócio são os que mais pesam na balança comercial do Estado, correspondendo a 75% de todas as exportações paranaenses realizadas no ano passado.

A variação do câmbio influenciou no resultado final do faturamento. A receita do agronegócio paranaense, em 2016, atingiu US$ 11,5 bilhões, cerca de US$ 140 milhões a menos que no ano anterior, quando o faturamento atingiu US$ 11,64 bilhões. Produtos como soja e carne de frango continuam na liderança das exportações, mas no ano passado, o aumento das exportações de açúcar e de carne suína foram os principais destaques que influenciaram no aumento das exportações do Paraná.

Para o secretário da Agricultura Norberto Anacleto Ortigara, o desempenho poderia ter sido melhor, no entanto, clima, economia instável, câmbio com oscilações e o recuo nos preços das commodities foram os principais fatores que influenciaram na balança comercial do estado e do país.

“Esperamos um cenário melhor para 2017 diante da expectativa de uma safra de primavera/verão de 23,1 milhões de toneladas, aproximadamente 15% superior a obtida na temporada passada e que está próxima de ser consolidada com a intensificação da colheita que está em fase inicial. Isso anima o setor produtivo, dá um fôlego maior aos produtores e a indústria da carne de frango, que trabalharam com margens apertadas em 2016”, disse Ortigara.

(foto: ANPr)

link matéria
http://www.aen.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=92343&tit=Aumenta-participacao-do-agronegocio-nas-exportacoes-paranaenses