Os acervos das bibliotecas da rede pública de ensino de Palmas serão controlados digitalmente, através de um sistema de código de barras. O programa, que ganhou o nome de “Palmasteca”, terá um cadastro de informações das obras literárias e leitores e o controle das reservas, possibilitando assim um melhor acompanhamento dos gestores das unidades de educação.

O Palmasteca vai permitir uma integração de todo o conteúdo disponível na biblioteca central e nas oito unidades das escolas da rede municipal, explica o analista de sistema da Waldecir Detoni. O programa, criado pela equipe da Divisão de Informática da Prefeitura de Palmas, foi apresentado nesta segunda-feira (20) aos diretores das escolas e a secretária de Educação, Professora Joseana Nicolaou.

“Nossa intenção é garantir um controle mais efetivo, que dará agilidade na localização das obras literárias, ou mesmo onde e quando serão reintegradas aos acervos, aquelas que estão emprestadas”, ressaltou Detoni. Na apresentação, ele contou com apoio do também analista de sistemas e desenvolvedor, Ricardo Gomes de Campos.

Conscientização
O novo sistema possibilita ainda a impressão da carteirinha no próprio estabelecimento de ensino. Este recurso, apontam os diretores, vai permitir uma forma de fazer com que os alunos e professores de artes, participem do processo na confecção e recorte, aumento a conscientização sobre a importância do documento.

Nesta primeira etapa, o Palmasteca será implantado de forma experimental em duas unidades de educação do município. Após a integração de toda a rede, o sistema poderá ser integrado às bibliotecas da rede estadual de ensino de Palmas.

Conquista
Para a secretária de Educação, Professora Joseana, o novo sistema é uma conquista . “Ele vai melhorar as condições de trabalho e de acesso dos leitores às obras, e ainda traz o benefício de ser um sistema público desenvolvido pelos profissionais da Divisão de Informática”, disse.

Professora Joseana fez questão de parabenizar a equipe pela iniciativa e o bom trabalho. “Este projeto é de grande valia para o sistema de ensino municipal e ainda temos a oportunidade de fazer uma parceria com os colégios estaduais da nossa cidade”, concluiu a secretária.

Foto legenda
O analista de sistema, Waldecer Detoni, apresenta o novo sistema para a secretária Professora Joseana e direteores das escolas de Palmas
Foto: Josiani Almeida