O ex-ministro Antonio Palocci pode citar mais de 20 empresas no acordo de delação premiada que faz com o Ministério Público Federal. Ele mesmo revelou o número a interlocutores com quem conversou recentemente em Curitiba. Palocci calcula que essa foi a quantidade de companhias com quem negociou contribuição em caixa dois para o PT.

(foto:arquivo/google)

link nota
http://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2017/06/1889159-palocci-pode-citar-mais-de-20-empresas-em-delacao-premiada.shtml