Deputados federais e senadores do “centrão” já se articulam para derrubar o veto do presidente Michel Temer ao plano de refinanciamento de dívidas, o Refis, de pequenas e microempresas. A ideia dos parlamentares é manter o plano para essas categorias de empresas, que representam 98,5% de todas as empresas brasileiras e são responsáveis por 40% de todos os salários pagos no país. Com informação de Cláudio Humberto do Diário do Poder.

Pequenas e microempresas respondem por 27% do Produto Interno Bruto do Brasil, além de 52% dos empregos com carteira assinada. “Vamos derrubar este veto até que o Ministério da Fazenda encontre uma alternativa para o Refis que atenda mais de 450 mil pequenas empresas em dívidas com o fisco”, disse o deputado Alfredo Kaefer (PSL-PR).

Segundo dados do Sebrae, os pequenos negócios apresentaram, pelo 8º mês seguido, saldo positivo de empregos com carteira assinada.