O deputado ratinho Junior (PSD), secretário de Desenvolvimento Urbano, disse nesta segunda-feira, 2, que os prefeitos empossados em 1º de janeiro devem construir “uma nova cultura política” no país que será marcada pelo corte de gastos e despesas, austeridade no uso dos recursos públicos e investimentos em áreas prioritárias como a saúde, educação e infraestrutura.

“Prefeito que tem ser gestor. Este o desafio. Os prefeitos vão ter que ter uma capacidade administrativa muito forte para conduzir o seu município. Acima de tudo, vão que ter que ter muita coragem. Coragem em tomar decisões no sentido de enxugar a máquina pública, ter que cortar gastos, ter que demitir cargos comissionados para que vocês possam realizar aquilo que é necessário aos moradores de cada município”, disse Ratinho Junior.

Os prefeitos, segundo Ratinho Junior, vão ter que primeiro as contas. “Tem prefeitura que nem consegue colocar óleo diesel no maquinário do município para fazer a manutenção das estradas e tem prefeitura que ainda não conseguiu pagar o décimo terceiro e a folha de dezembro”.

O deputado disse que é preciso fazer a nova política e não criar falsas expectativas. “Na Sedu, estamos com as portas abertas para os vereadores, prefeitos e deputados. O próprio governador Beto Richa pediu para que todos os municípios sejam atendidos de forma republicana e sem qualquer discriminação política ou partidária”, disse.

“É o que fazemos em parceria com o Paranacidade, Fomento Paraná, BRDE, Caixa Econômica e Banco Mundial. E apenas, neste ano, batemos um novo recorde, com o desembolso de R$ 320 milhões de obras e serviços, que geram empregos nos municípios e riquezas para o Paraná”, completou Ratinho Junior.

(foto: facebook)