Nesta terça-feira, 6, em Cascavel, o governador Beto Richa anunciou o aporte de R$ 12 milhões para para reduzir os custos dos produtores na contratação do seguro de 29 culturas. Richa também entregou maquinários agrícolas aos produtores rurais que aderiram ao Trator Solidário. Neste ano, o programa eve liberar 1.150 tratores, o dobro em relação a 2017. “Sabemos o valor do agronegócio para a formação da economia. Investimos na área e fortalecemos a cada ano as orientações técnicas para ampliar a produtividade da agricultura paranaense”, disse Richa no Show Rural Coopavel.

Entre 2010 e 2017, foram entregues 5.125 tratores, 120 colhedoras e 60 pulverizadores aos agricultores familiares paranaenses. Somente no ano passado, foram repassados 582 tratores, 90 colhedoras e 31 pulverizadores.
Richa citou outros investimentos que atendem o setor agrícola e o agronegócio como o Patrulha Rural, readequação de estradas rurais (Prosolo), de boas práticas de conservação do solo e da água; e o apoio do BRDE. Além disso, ressaltou os projetos de infraestrutura, principalmente na modernização de rodovias, em todas as regiões e no Porto de Paranaguá.

Beto Richa também destacou o papel do Show Rural como vitrine tecnológica do agronegócio paranaense. “Vejo com muita satisfação o crescimento e a consolidação do Show Rural, que coloca à disposição dos produtores rurais o que há de mais moderno em tecnologia, sementes e maquinários e contribui para uma maior produtividade do Estado do Paraná”, disse.

O programa de subvenção ao seguro rural completa dez anos em 2018. Com o valor anunciado nesta terça-feira, o total aplicado chega a R$ 50 milhões no Paraná, sendo que R$ 42 milhões foram investidos entre 2011 e 2018. As culturas que mais demandaram seguro em 2017 foram milho (segunda safra) e trigo, por serem de maior risco e custo financeiro para os produtores.

(foto: Jaelson Lucas/ANPr)