O governador Beto Richa encaminhou a Secretaria do Tesouro Nacional nova proposta de operação de crédito junto ao BID no valor de R$ 380 milhões do Programa Paraná Urbano que terá contrapartida no mesmo valor para viabilizar um novo conjunto de obras para os municípios paranaenses. A documentação, com os pareceres técnicos e jurídicos, além do demonstrativo das receitas e despesas do Estado, é uma das primeiras etapas para que a STN autorize a negociação da operação de crédito externo.

O Programa Paraná Urbano, criado em 1996, é destinado ao financiamento de ações e obras de infraestrutura urbana. Ele faz parte de um sistema de apoio do Estado aos municípios que permitiu, desde 2011, operações que somam R$ 2,65 bilhões, para a execução de 4.058 projetos pelas prefeituras paranaenses.

A fase três do Paraná Urbano tem objetivos como: melhorar a gestão tributária, financeira e o planejamento urbano do municípios;  aumentar a cobertura e a qualidade da infraestrutura dos serviços urbanos básicos e a eficiência operacional do sistema de financiamento das ações nos municípios do Paraná (SFM).

A interlocução junto ao BID está cargo dos secretários Juraci Barbosa Sobrinho (Planejamento) e Mauro Ricardo Costa (Fazenda), além de técnicos do Estado.

(foto: Orlando Kissner/ANPr)