Coluna do Estadão

Quem esteve visitando o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures na carceragem da Polícia Federal relata que ele está no limite de explodir. O “homem da mala” só não teria partido para a delação porque seu advogado, Cezar Bitencourt, é terminantemente contra. O criminalista é de Porto Alegre, assim como o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha.

Na superintendência da PF, Loures fica sozinho numa sala e não tem acesso a TV. Ao contrário de quando estava na Papuda, onde tinha a companhia de outros presos e podia assistir à programação da telinha.

(ilustração: Kléber Sales)

link nota
http://politica.estadao.com.br/blogs/coluna-do-estadao/rocha-loures-esta-a-ponto-de-explodir-relatam-interlocutores/