Ex-ministro da Justiça, o deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR) deixou para esta terça-feira, 30, a decisão se segue ou não para o Ministério da Transparência a convite do presidente Michel Temer. Serraglio quer conversar pessoalmente com Temer antes de decidir.