O presidente Michel Temer (PMDB) disse, em pronunciamento neste momento no Palácio do Planalto, que as acusações contra ele feitas pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em denúncia encaminhada na segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF) são “ilações” e uma “peça de ficção” e que ele nunca participou de “acertos para qualquer ilícito”. As informações são do site da revista Veja.

“Não participei de acertos para qualquer ilícito. Onde estão as provas concretas de recebimento desses valores? Inexistem. Reinventaram o Código Penal para incluir uma nova categoria: a denúncia por ilação”, disse.

 

Foto (Evaristo Sá/AFP)