O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general gaúcho Sergio Westphalen Etchegoyen, afirmou nesta terça-feira, 12, em Porto Alegre, que uma equipe Agência Brasileira de Inteligência (Abin) esteve em diversos países para pesquisar o combate a boatos na internet, as chamadas fake news, durante as eleições deste ano no Brasil.

Entre os países visitados pelos agentes brasileiros estão os Estados Unidos, onde a divulgação de fake news é investigada por ter relação com a eleição do presidente republicano Donald Trump com influência de países como a Rússia.
“Existem diversas formas [de combate às fake news] que estão sendo feitas. As mais importantes são também as mais simples, como informar os partidos, alertar. Recentemente [agentes da Abin] viajaram para estudar o que aconteceu na França, Alemanha e Estados Unidos. Uma equipe da Abin esteve nesses países aprendendo o que aconteceu lá para ver como [os países] reagira, para ver o que deu certo e o que melhoraria no assunto [no Brasil]”, disse Etchegoyen a jornalistas antes de sua palestra na Associação Comercial de Porto Alegre (ACPA).

Link de acesso

Agentes brasileiros foram aos EUA pesquisar combate às fake news